5 de janeiro de 2018

Feitiços: Aplicativos de magia

Esses dias eu estava olhando para o meu calendário e pensei: "Puxa, seria bem legal se o calendário do celular mostrasse as fases da lua, pena que ele não faz isso..."

Pensando nisso eu resolvi fazer um post sobre aplicativos que podem ajudar em feitiços. Todos os aplicativos desse post podem ser baixados na Google play e funcionam com Android, com exceção de dois:

Como o meu celular é windows, eu acabei pegando o celular de outra pessoa emprestado para fazer esse post, no entanto há dois aplicativos do Windows Phone que eu gostaria de mencionar:

Moon 3D Free
Esse é um aplicativo bem completo, embora também seja bem pesado em comparação a outros calendários lunares (18 Mb).

Ele possui uma bussola que mostra a localização do sol e da lua, sugere atividades indicadas para a atual fase da lua e o mais importante, pode criar um lembrete no calendário do celular que avise quando tal fase da lua irá chegar.

Sun & Moon
Bem mais simples e fácil de usar, possui cerca de 5 Mb e não é conectado ao calendário, no entanto as fases no mês e planejar os seus feitiços com antecedência.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Pena que Windows Phone não seja realmente muito popular...Agora vamos ao post de verdade. Eu resolvi separar os aplicativos em categorias

Calendários
Calendário Lunar (Inforsan)

2,09 Mb
Embora possua alarme, ele não marca a sua localização exata, se limitando apenas a duas opções, hemisfério norte e hemisfério sul. É bem simples e facil de usar sendo muito útil se você apenas quiser saber as fases da lua e ser avisado sobre isso.

Calendário Wicca (Pagan Way)

22,26 Mb
Um dos aplicativos mais interessantes dessa lista. Embora ele apenas mostre a atual fase da lua, esse calendário indica as datas das principais comemorações wiccas e quantos dias faltam até a próxima.

O aplicativo também oferece um livro das sombras onde você pode guardar seus feitiços, poções e encantamentos.

Mond Kalender (Aralbest)

1,94 Mb
Esse calendário pode parecer simples, mas até que é bem completo, indicando o signo, elemento, e atividades indicada para se fazer em determinado dia,dependendo da fase da lua. No entanto você precisará saber um pouco de inglês para usa-lo sem problemas.

The Moon- Phases Calendar (Black Swift)

8,42 Mb
Esse aplicativo é bem completo, lembrando ligeiramente o Moon 3D (embora eu não tenha conseguido fazer com que a bussola funcione), a unica coisa que o deixaria perfeito seria ter alguma conexão ao calendário ou uma opção de lembrete no calendário.

Poções
My Cookbook (Maadinfo Services)

11,5 Mb
Sim, eu sei, não é um aplicativo de poções, e sim um livro de receitas, mas você ainda pode usa-lo para guardar as suas poções. My Cookbook é um aplicativo de receitas bem completo com opção para fotos, lista de ingredientes que facilita muito a edição, pastas de organização para que as receitas normais não se misturem com as poções.

Wicca Herbário (Pagan Way)
14,74 Mb
Esse aplicativo possui uma lista de ervas e plantas usadas em poções e feitiços, com indicações de usos e outras informações. Também há uma opção em cada planta para que você adicione suas próprias notas e receitas.

Amuletos
Runa (Pagan Way)

Mais um aplicativo da Pagan Way (Não, não estou sendo paga). Runa é um aplicativo simples usado tanto como amuleto da sorte quanto para prever o futuro, você pode tirar a sua sorte do dia, ou fazer perguntas mais complexas com o aplicativo, basicamente funciona como um saquinho de runas dentro do celular.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Espero que tenham gostado desse post, eu ia colocar mais aplicativos, mas a maioria não era tão interessante assim, no fim das contas eu achei melhor colocar só aqueles que eu realmente havia gostado.

24 de dezembro de 2017

Mitologia: Krampus

Sim eu sei, eu fiquei um bom tempinho sem postar nada, acontece que eu realmente fiquei sem qualquer ideia de posts, e na realidade eu realmente não sei que vou conseguir continuar postando como sempre fiz (escassez de ideias é uma coisa triste)

Krampus, mais conhecido como o demônio do natal, é uma figura muito em países europeus como Alemanha, Áustria, Romênia, República Tcheca, Hungria, Croácia e Eslovênia.

Durante o dia 5 de dezembro, rapazes costumam se vestir de Krampus e desfilar pelas ruas batendo correntes, sinos, e varas feitas de galhos, ocasionalmente assustando e espancando as pessoas que assistem o desfile.

Origem:
A lenda possui origens germânicas, sendo muito popular em países da região do alpes, principalmente os de língua alemã.

Antigamente ele era conhecido por vários nomes diferentes dependendo da região: Percht,  Bartl, Knech Ruprecht, etc. Somente após ser incorporado às tradições cristãs é que ele passou a ser conhecido como Krampus.

Algumas versões contam que ele seja filho de Hela a deusa da morte na mitologia nórdica, embora não há menções claras a ele nos contos.

Características:
Sua aparência pode variar de país para país, mas ele sempre é retratado como um demônio peludo de orelhas pontudas e chifres.

Algumas vezes pode possuir um pé humano com unhas afiadas e um casco, outras vezes apresenta aspectos de cabra como pés, olhos e chifres, frequentemente ele é descrito possuindo uma língua comprida o suficiente para tocar o próprio peito

Hábitos:
De acordo com a lenda, Krampus visita as casas de crianças malcriadas deixando chicotes de varas para espancar crianças ou espancando-as pessoalmente, dependendo da situação, ele pode jogar as crianças dentro do saco que ele carrega nas costas e leva-las para o inferno.

Se você sobreviver ao Krampus, então poderá receber presentes no dia de São Nicolau.

Fraquezas:
Se comportar provavelmente é a maneira mais fácil de se evitar a visita do Krampus.

Fontes:
https://pt.wikipedia.org/wiki/Krampus
http://mentalfloss.com/article/71999/9-facts-about-krampus-st-nicks-demonic-companion
https://www.megacurioso.com.br/datas-comemorativas/40241-krampus-o-anti-papai-noel-que-captura-criancinhas-malvadas.htm
http://metalhorror.wixsite.com/metalhorror/single-post/2016/02/06/A-Origem-das-Krampus-O-Lado-Escuro-do-Natal
http://ocalafrio.blogspot.com.br/2013/05/krampus.html

22 de dezembro de 2017

Feitiços: Calendário do advento

As vezes eu acabo vendo alguma coisa que eu não conheço relacionada ao natal, principalmente nessa época do ano.

Dessa vez foi o calendário do Advento, parecia uma casa de brinquedo com varias janelas e presentes escondidos em cada uma delas, era algo incomum para mim e eu fiquei curiosa para descobrir o que era e como começou.

O calendário do advento é uma tradição de natal que surgiu no seculo XIX sendo usada principalmente pelos Luteranos alemães para contar os dias até a véspera de natal.

Antigamente ele consistia em apenas 24 riscos feitos com giz na porta de casa sendo que a cada dia um risco era apagado.

Com o passar do tempo os calendários passaram a ser feitos de materiais diferentes como papel, cartolina, ou madeira, os dias no calendário passaram a se representados por pequenas janelas com números que eram abertas conforme os dias passassem.

Dependendo do calendário as janelas poderia guardar pequenas imagens associadas ao natal, ou pequenos presentes como brinquedos ou doces.

Há também quem use velas para fazer a contagem regressiva, nesse caso a vela possui marcações indicando os dias até a véspera de natal, ela é acesa no primeiro dia de dezembro e queimada apenas até a primeira marcação, sendo acesa novamente no dia seguinte. Na Escandinávia algumas igrejas Luteranas usam 24 pequenas velas para fazer a contagem.

Outra forma de contagem com velas é a Coroa do advento que consiste em cinco velas, cada uma sendo acesa em um domingo antes do natal, sendo que a ultima será acesa no natal, geralmente antes de se acender cada uma das velas, é feito uma benção, um canto e uma oração.

1ª Vela: a vela da Vigilância
A luz nascente nos conclama a refletir e aprofundar a proximidade do Natal,  onde Cristo, Salvador e Luz do mundo brilhará para a  humanidade. Lembra ainda o perdão concedido a Adão e Eva. A cor roxa nos recorda  nossa atitude de vigilância diante da abertura e espera do Senhor que virá.

Canto:
Uma vela se acende no caminho a iluminar.
Preparemos nossa casa é Jesus quem vai chegar.

No advento a tua vinda nós queremos preparar.
Vem, Senhor, que é Teu Natal, vem nascer em nosso lar. (Bis).

Oração: A luz de Cristo, que esperamos neste Advento, enxugue todas as lágrimas, acabe com todas as trevas, consolem quem está triste e encha nossos corações da  alegria de preparar sua vinda neste novo ano de graça!


2ª Vela: a vela da Preparação
A segunda vela acesa nos convida ao desejo de conversão, arrependimento dos nossos pecados e também o compromisso de prepararmos, assim como São João Batista, o caminho do Senhor que virá.  Esta vela lembra ainda a fé dos patriarcas e de São João Batista, que anuncia a salvação para todos os povos.

Canto:
A segunda vela acessa vem a vida clarear.
Rejeitemos, pois, as trevas, é Jesus quem vai chegar.

No advento a tua vinda nós queremos preparar.
Vem, Senhor, que é Teu Natal, vem nascer em nosso lar. (Bis).

Oração: 
A luz de Cristo, que esperamos neste Advento, enxugue todas as lágrimas, acabe com todas as trevas, consolem quem está triste e encha nossos corações da  alegria de preparar sua vinda neste novo ano de graça!

3ª Vela(Rosa): a vela do Testemunho
A terceira vela acesa nos convida à alegria e ao júbilo pela aproximação da chegada de Jesus.  A cor litúrgica de hoje, o rosa,  indica justamente o Domingo da Alegria, ou o Domingo Gaudette,  onde transborda nosso coração de alegria pela proximidade da chegada do Senhor. Esta vela lembra ainda a alegria celebrada pelo rei Davi e sua promessa que, agora, está se cumprindo em Maria.

Canto:
Na terceira vela temos a esperança a crepitar.
Nossa fé se reanima é Jesus quem vai chegar.

No advento a tua vinda nós queremos preparar.
Vem, Senhor, que é Teu Natal, vem nascer em nosso lar. (Bis).

Oração: 
Alegrai-vos sempre no Senhor! De novo vos digo: Alegrai-vos! O Senhor está perto".

4ª Vela: a vela do Serviço
A quarta vela marca os passos de preparação para acolher o Salvador,  nossa expectativa da chegada definitiva da Luz ao mundo. Simboliza ainda nossa fé em Jesus Cristo, que ilumina todo homem que vêm a este mundo e  também os ensinamentos dos profetas, que anunciaram a chegada do Salvador.

Canto:
Eis a luz da quarta vela, um clarão se faz brilhar.
Bate forte o coração, é Jesus quem vai chegar.

No advento a tua vinda nós queremos preparar.
Vem, Senhor, que é Teu Natal, vem nascer em nosso lar. (Bis).

Oração: 
Céus, deixai cair o orvalho, nuvens, chovei o justo;  abra-se a terra, e brote o Salvador!

5ª Vela (branca): a vela de Cristo
Leitura da Bíblia: São Mateus 1.18-25

Acende-se a vela - Esta é a vela de Cristo. Dois nomes foram dados ao Deus-Menino na narrativa de São Mateus: Jesus significa “Deus salva”; Emanuel significa “Deus conosco”. Estes nomes contam de per si a história do Natal: um Deus de amor, - que se importa conosco, - nos salva e está presente em nosso meio.

Esta é a mensagem de alegria para todo o mundo. Ele já veio, mas até agora não acolhemos inteiramente o Dom desta vinda. Somos convidados neste Natal, mais uma vez a viver o definitivo no provisório, o eterno no temporário.

Todos rezam: Com os anjos e os pastores, vamos a Jesus com alegria e louvor! Que através de sua vinda a cada um de nós, sejamos preenchidos de amor, fé, alegria e paz. Amém

Fontes:
https://www.whychristmas.com/customs/advent.shtml
http://paisefilhos.com.br/familia/calendario-do-advento/
https://pt.wikipedia.org/wiki/Calend%C3%A1rio_do_Advento
http://missionariascatequistassc.org.br/mcsc25/index.php/publicacoes/noticias/17-artigos/ano-liturgico/133-velas-advento
http://casatreschic.blogspot.com.br/2011/12/calendarios-do-advento.html

7 de dezembro de 2017

Amuletos: Coelhinho de pelucia

 Esse provavelmente é o post mais comprido que eu já fiz na minha vida inteira, já havia algum tempo que eu queria fazer um tutorial de bichinho de pelúcia, procurei alguns moldes na internet e depois de criar algumas aberrações da natureza, eu resolvi criar o meu próprio molde:
O único problema é que eu fiz os moldes na mão, ou seja, não tem PDF para baixar, eu basicamente dobrei eles ao meio para que ficassem simétricos, desenhei um esboço e recortei, prometo fazer uma versão PDF para baixar.

Atualização: Você pode baixar o PDF do molde na minha pagina do Deviantart

Materiais:
Um pouco mais de 30 cm de tecido (a largura tinha cerca de 33 cm), eu usei feltro branco para o corpo e tecido decorado para o interior das orelhas.
Linha branca
Linha preta
Botões ou feltro preto para os olhos
Fibra acrílica

Você vai precisar cortar quatro pernas, quatro braços, quatro orelhas, cinco cabeças (sim, eu se que só tem quatro cabeças, mais tarde eu explico) e dois corpos.

Lembre-se de deixar um espaço para a costura, a tinta dos moldes servirá como guia para que a costura não fique torta, você não precisa se preocupar pois no fim as marcas vão ficar para o lado de dentro.
 O ponto que eu usei para costurar as peças foi o ponto-atrás, que é um dos mais simples que eu conheço, casa você não saiba como fazer, relaxa que eu vou ensinar aproveitando que a orelha do coelho usa tecidos de cores diferentes.
 Faça um nó na ponta da linha e passe a agulha pelo primeiro ponto
 Do outro lado passe a agulha pelo segundo ponto, deixando um pequeno espaço entre o primeiro e o segundo, quanto mais próximos forem os pontos mais difícil fica para o tecido escapar pelas frestas.
 Volte para o lado branco e passe a agulha pelo ponto inicial (se chama ponto-atrás pois você volta com a agulha para o ponto anterior).
 Agora você irá criar o terceiro ponto, do mesmo jeito que você fez com o segundo.
 E novamente volte para o ponto anterior, nesse caso o segundo.
 Só para deixar claro, é assim que a agulha irá sair do outro lado.
 Tente ser o mais fiel possível às marcações do molde
 Quando terminar de costurar a peça, deixe uma abertura para que possamos vira-la do avesso. No ultimo ponto faça como sempre e volte para o ponto anterior.
 O nó sempre irá ficar no penúltimo ponto, dê dois ou três nós bem rente ao tecido mas sem enruga-lo, o tecido deve ficar reto.
Faça o mesmo com a outra orelha, as pernas, os braços e a cabeça, lembrando de deixar o espaço onde eles se conectam ao corpo sem costura.

No caso da cabeça, apenas um dos lados deve ser costurado.
 No fim você terá um par de orelhas, um par de pernas, um par de braços e duas metades de uma cabeça, deixe o corpo sem costura por enquanto.
 Com muito cuidado vire eles do avesso, como o feltro é um tecido meio duro isso pode dar um certo trabalho, você pode usar a parte menos pontuda de um lápis ou hashi para vira-los do avesso.
 Recheie as orelhas e as patinhas, você pode usar um lapis para fazer isso, embora as orelhas não precisem realmente de muito recheio.
 Agora vamos para a parte mais chatinha, prender as orelhas, dependendo da posição em que você prender as orelhas elas podem deixar o coelho com uma aparência estranha então é melhor fazer alguns testes antes, essa é a posição que eu prendi o meu:
 É mais ou menos assim que ele deve ficar por dentro, a segunda orelha deve ser colocada do outro lado simetricamente igual a primeira ( Eu esqueci de tirar fotos com as duas orelhas presas, mas no caso dessa foto de baixo, a segunda orelha ficou no canto superior esquerdo, essa costura que use as duas partes da cabeça é o centro do rosto do coelho)
 Agora vamos para a segunda parte chata de explicar, você irá unir as duas metades da cabeça, começando pela "bochecha" do coelho, quando chegar na orelha, passe a agulha para o lado que ainda não está preso na orelha.
 Dependendo da situação você terá que improvisar um pouco para que a costura não fique frouxa, mas no fim você terá que chegarem uma posição parecida com essa.

 Continue costurando normalmente assim como é feito com o ponto-atrás.
 No ultimo ponto, tente passar a agulha pela lateral da orelha do coelho
 E finalize juntando as duas partes da cabeça para que elas fiquem bem rente à orelha
 Costure só até chegar na outra "bochecha" do coelho e então vire a peça do avesso.
 Agora você irá usar um ponto mais simples para terminar de fechar a cabeça do coelho. Passe a agulha de dentro para fora no ultimo ponto da bochecha, desse modo o nó irá ficar na parte de dentro.
 Agora, passe a agulha para o lado de dentro fechando a cabeça aos poucos, talvez você precise usar a agulha ou um lápis para empurras o tecido para dentro das frestas
 Dessa vez você pode puxar bem a linha para que os pontos fiquem bem fechados.
 Faça até o meio e amarre, para esconder o fio, você pode passar a agulha por dentro da cabeça e corta-la rente do outro lado, o fio irá entrar no bichinho e ficará escondido lá dentro.
 Faça o mesmo com o outro lado.
 As patinhas serão presas do mesmo modo que as orelhas.
Os braços eu costumo coloca-los com a costura virada para o tecido.
 Eu resolvi adicionar uma bunda para que o coelho ficasse sentado, para isso eu usei o molde da cabeça (A quinta cabeça)
 Começando pelo centro prenda o bumbum do coelho do mesmo modo que as duas metades da cabeça foram presas.
 Parando na extremidade da esquerda e fazendo o mesmo com o lado direito.
 Agora prenda as costas do coelho tomando cuidado para que tudo se encaixe com perfeição (Por isso eu costumo começar essa costura pelo centro, fica mais fácil de controlar)
 Após terminar os dois lados, vire a peça do avesso e recheie.


 Agora nós iremos fazer o rosto do coelho, eu usei dois pedaços de feltro preto, mas você pode usar botões.
 Para prender o feltro eu usei uma agulha de feltro, mas só você não tiver nenhuma, você pode usar uma agulha normal e prender com linha.
 Usando uma linha preta, passe a agulha por dentro da cabeça entrando por baixo.
 Saia pelo olho e comece a costurar para que o olho fique bem preso ao tecido.
 Para fazer a boca, novamente entre por baixo e saia por onde vai ser o canto da boca
 Entre pela parte mais baixa da boca e saia por onde ficaria o nariz, bem no centro do rosto do coelho.
 Entre novamente pelo mesmo ponto mais baixo da boca e saia do outro lado (tente fazer com que os dois lados sejam iguais.
 Entre pelo nariz do coelhinho e saia pelo canto da boca do outro lado.
 Finalmente entre na parte mais baixa da boca do lado esquerdo e saia pela parte de baixo do coelho amarrando com um nó.
 E como já era de se esperar, eu coloquei um feitiço dentro do corpo do coelho, junto com um trevo de quatro folhas.
 Para prender a cabeça no corpo, passe a agulha de dentro para fora do pescoço.
 Passe a agulha dessa maneira na cabela do coelho
 E em seguida volte para o pescoço. Você irá repetir isso até dar a volta completa em torno do pescoço do coelho, puxando bem a linha para que a cabeça fique bem presa ao corpo. No fim amarre e esconda a linha dentro do coelho.
Agora o ultimo passo realmente precisa de uma agulha de feltro. Pegue uma pequena quantidade de recheio de bichinho de pelúcia e prenda usando a agulha de feltro.

 Tente focar mais nas laterais e deixar o centro mais fofinho.
Eu fiz outro com olhos de botões e tecidos de retalhos.