21 de julho de 2011

Existe o amor verdadeiro - capitulo 4 (atrasado)

Durante o jantar Giselle e Giovana estavam com a boca cheia, então passaram um bom tempo sem se xingarem. Lovely colocou uma garfada de purê de batata na boca, Emil que estava sentado de frente para ela enrolando o macarrão começou a fazer perguntas.
                -Por que você se chama Lovely?
                -Por que sou a fada do amor.
                -E o amor existe? Ou é só uma ilusão?
                -Claro que existe.
                -Prove-me.
                -Você ama a sua mãe, a sua família e os seus amigos não é?
                -Isso não é amor.
                -Então é o que?
                -Eu estive lendo uns livros sobre leis deste lugar, e se um elemento não existir a fada que possuir esse elemento imaginário irá perder os poderes.
                -Como assim?-Lovely dizia um tanto incomodada com aquelas perguntas
                -Vou te explicar de um outro jeito, se em sete dias você não me trouxer a prova de que o amor verdadeiro existe, você perderá os seus poderes, e eu poderei governar essa cidade do jeito que eu quiser.
                Aquilo pegou Lovely de surpresa, num momento ela estava jantando tranquilamente e no outro estava sendo ameaçada de perder os seus poderes. Emil simplesmente levantou e foi para o seu quarto, antes de sair da sala de jantar ele se virou e disse:
                -Aliais, é uma pena que você não vai mais poder viver aqui, a comida estava deliciosa. Aliais, tenho que fazer grandes mudanças por aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário